quarta-feira, 6 de abril de 2011

Concede-me, Senhor!






"Concede-me, Senhor, a graça de ser boa,
de ser o coração singelo que perdoa,
a solícita mão que espalha, sem medidas,
estrelas pela noite escura de outras vidas
e tira d’alma alheia o espinho que magoa".


(Helena Kolody)


7 comentários:

Kátia Tourinho disse...

Concede-me Senhor o dom do entendimento e o bálsamo da fé, quando atravesso uma noite escura...
Lindo minha amiga!

Um excelente dia, repleto de surpresas boas.
Bjssssssssssss

Zé Carlos disse...

Olá Veterana da vida, se for para ser veteranos mas linda assim como vc, quero ser a vida toda!!!!

Adoro vc Lena

Kiro Menezes disse...

Muito lindo... ^^

Claúdia Luz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paula Li disse...

Oi Lena, o ato do perdão não tem preço.
Precisamos estar sempre de coração leve, o que evita fadigas e doenças.
Bjs

manuel marques disse...

Sabe sempre tão bem passar por aqui.

Beijo.

Sandra Botelho disse...

LINDOOOOOOOOOOOO!
POSSO LEVAR PRO GOTINHAS?
BEIJOS ACHOCOLATADOS