quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Aceitação




“Quando a questão é amor, não existe justo ou injusto. Existe o que ama, e o que não ama mais. Precisamos aceitar que o outro não tenha os mesmos sentimentos, mesmo se isso nos faz mal, por que se o amor não for livre para se instalar onde realmente deseja, ele perde toda a razão de ser”.



(Letícia Thompson)



2 comentários:

Roberta Muniz disse...

Lindo como sempre ^^
Beijinhus...

Célia Rangel disse...

O amor tem que ser uma ave livre! Só assim será feliz e partilhará felicidade!
Bj. Célia.