quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Saudade e eternidade





"A saudade é uma prova, um certificado, carimbado e assinado embaixo de que não estamos inteiramente sós e nem vazios.

As pessoas vêm e vão e ficam assim se prolongando em nós, existindo pela eternidade do nosso caminho."


(Letícia Thompson)





3 comentários:

Mara Melinni disse...

Bom dia, Lena!

A saudade sempre nos acompanhará, ela não envelhece, é sempre nova...
Hoje recebi a notícia do falecimento de uma pessoa que eu admirava muito, um senhor amigo nosso, que escreveu isso:


"Quanta tristeza me invade
ao sentir chegar meu fim...
E, em meio a tanta saudade,
sinto saudade de mim!..."
–Hermoclydes S. Franco/RJ–

Sem palavras. Só com muita saudade...

Um beijo!

Catia Bosso disse...

Saudade sempre será um risco, de amar de mais ou de lembrar de menos!

bjssssss meussss

Catita

Ilca Santos disse...

Que belas palavras, sábias e muito verdadeiras!
A saudade é nossa eterna companheira e às vezes sufoca!

Lindo seu blog! Te sigo!
Beijo enorme.