terça-feira, 3 de julho de 2012

O velho e a flor




Por céus e mares eu andei,
Vi um poeta e vi um rei
Na esperança de saber
O que é o amor.

Ninguém sabia me dizer,
Eu já queria até morrer
Quando um velhinho
Com uma flor assim falou:

O amor é o carinho,
É o espinho que não se vê em cada flor.
É a vida quando
Chega sangrando aberta
em pétalas de amor.



(Vinicius de Moraes)
















5 comentários:

Angel disse...

O seu blog está cada vez mais lindo!
Suas palavras... o Céu!

um anjo

✿ chica disse...

Linda escolha!!um beijo,tudo de bom,chica

Rosa Mattos disse...

Bom dia, Lena.

O poetinha era mesmo um caso sério de poesia, hein? Que beleza.

bjoss

Célia Rangel disse...

Vinicius é apaixonante!
Bj. Célia.

Silvia disse...

Oi, Lena
depois de todo esse romantismo, desejo um ótimo final de semana pra você.