terça-feira, 8 de novembro de 2011

Abraçando a felicidade...





“Há tempos...

 Deixei de me intimidar pelos meus medos, não fujo das minhas angústias e não me frustro com as minhas escolhas aparentemente equivocadas.


Quanto à felicidade, abraço-a com todas as minhas forças, seja em momentos fugidios ou intensos.


Descobri que intensidade não mata.


Se for para cair, quero mais é despencar, feito quem se arremessa ao encontro do próprio destino".  




(Lígia Guerra)






7 comentários:

Célia disse...

Tudo tem que ser intenso mesmo. Não viemos para ser mornos! Ação é o nosso objetivo!
Abraço da Célia.

manuel marques disse...

"É preciso tentar ser feliz, nem que seja apenas para dar o exemplo."

Beijo meu.

✿ chica disse...

Que lindo,Lena! um beijo,tudo de bom,chica

marcela disse...

Oi Lena!
Que intenso isso...
acho q me despenquei.
bjos

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Que linda postagem! Devemos realmente valorizar os momentos de felicidade e não nos deixarmos abater ou abraçar pelos de infelicidade! Bjs

Paty Michele disse...

Profundo e mágico!

bjs

mfc disse...

Só vale mesmo viver a vida de uma forma intensa!
Beijinhos.