sábado, 20 de agosto de 2011

Apaixone-se



Aconselho a quem não tem tempo: apaixone-se.  
Perca a cabeça na guilhotina.  
Entregue seus pés para a espuma.







Permita a cintura subir como um chafariz.  

Não pense que vai dar errado.

 
O que pode dar errado já aconteceu antes.

Dentro do tempo.





(Fabrício Carpinejar)

9 comentários:

Evanir disse...

Carinhosamente desejo a você
um feliz final de semana.
Creia você é muito importante para mim
e lembre sempre.
Deus não é nada do que você
possa imaginar,ele é tudo que
você pode amar sem medo.
Bjs no seu coração,Evanir.

Tânia Camargo disse...

Lenaaaaa...
Que lindooooo esse post!
Eu preciso tantoooo disso amiga!Rsrsrs....

Adorei... Obrigada por compartilhar querida.

Bjs e ótimo findi!

MARILENE disse...

Nossa mente é responsável pelo não aproveitamento de alegrias repentinas e simples de se viver. As chamadas loucuras são, na maioria das vezes, nossos atos de maior coragem. Tudo pode dar errado, mas também pode dar certo. Porque não tentar? Se for época de colheita, os frutos estarão doces e saborosos.

Bjs.

✿ chica disse...

Fabrício é sempre legal de ler! Muito bom! beijos, chica

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Adorei a postagem! É preciso esse impulso, sem ele nunca seremos felizes! Bjs

Silvia disse...

Muito bom o pensamento para o final de semana.
Abraço

Meire disse...

My sweet mom, e se não nos arriscamos de cabeça como vamos saber se poderia dar certo? Nunquinha né!?

Acho que vc vai achar graça, mas eu estava aqui olhando seu perfil do blogger e me lembrei de quando te achei pelo Amadeirado, achei um baratinho vc escrever acima das palavras da Martha Medeiros "Ora, mas afinal quem eu penso que sou?" se não me engano lá era "E aí quem eu penso que sou?" rsrs agora vc tirou, mas eu me "alembro" bem hehe
:D
Te amo EstreLeninha!! Vc mora no meu core, bjokitas com master carinho meu!!!

Lilá(s) disse...

Que bom! vou seguir seu conselho...
Bom fim de semana.
Beijinhos

Lethy disse...

Audorei a areia tia Lena,
peninha que fui pro banho
a mamãe não ia deixar eu brincar nela
Lambeijos