sexta-feira, 1 de abril de 2011

Cuidado




"A poesia não se entrega a quem a define".



(Mario Quintana) 

12 comentários:

laurinhando por ai disse...

Olá Lena

Só a quem sente!!!
bjos
laurinha

Jorge disse...

Pensando bem, tem razão, pois poesia é sentimento e definir é uma racionalização.

Anjo amiga, beijo!!!

Sam disse...

É tudo e não há nada que a rotule.
É um indefinível intemporário.
Amei, Lena linda!

Leandro Ruiz disse...

Lena é uma definição ajustada...

"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo." (Clarice Lispector)

Paz e bem!!!

ValeriaC disse...

Sábias palavras, de que sempre escreveu lindas poesias...pois deixava a sua alma falar por ele... Quintana sempre maravilhoso esteja onde estiver...
Beijinhos e ótima semana!
Valéria

Lilá(s) disse...

Mas entrega-se a quem a sente...
Bjs

Maria disse...

Amiga a poesia entrega-se a quem a sente na alma.
"Poeta, não é somente o que escreve. É aquele que sente a poesia, se extasia sensível ao achado de uma rima à autenticidade de um verso." (Cora Coralina)
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Sônia Silvino disse...

Basta senti-la...
Beijinhos, linda!

Malu de Oliveira disse...

Oi querida.

Eu não entendo muito de poesia... Mas gosto.

Bom fim de semana.

Bjs.

Lena disse...

Oi, Ju
"Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?"(Fernando Pessoa)
Você e o Fernando Pessoa estão cobertos de razão!!!
Realmente, a intensidade do amor nos marca indelevelmente. Beijos com carinho, minha flor!

Kátia Tourinho disse...

Oiiiiiiiiii Lena, infelizmente um probleminha bem chatinho de tendinite me afastou alguns dias do mundo virtual, mas, graças a Deus, já estou melhor e podendo desfrutar do imenso prazer que é visitar seus blogs.

Lindo Post! A poesia, assim como o amor, dispensa entendimentos.

Bjs de luz e um excelente fim de semana!

Kiro Menezes disse...

Assim é! Não é na mente que a poesia canta.

É na alma!