sexta-feira, 25 de março de 2011

Dá-me amor!





"Dá-me amor, me sorri e me ajuda a ser bom.
Não te firas em mim, seria inútil;
Não me firas a mim, porque te feres".


(Pablo Neruda)



4 comentários:

Long Haired Lady disse...

Neruda…como não se apaixonar por um homem que leva um livro dele nas mãos?

Sam disse...

Dou-te todo amor
como bombons embrulhadinhos
adoçando os dias devagarinho...

Que lindo, Lena.
Meu beijo.

Jorge disse...

Apenas ame. Todo o demais se envolve neste sentimento por excelência.

UM beijo, Anjo!

des-encantos disse...

Quanta razão tinha Neruda...
Bjs