sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Poema ao arcoíris





"os olhos negros coloridos de luz
te divisam, arco-íris
sob a mudez do arranha-céu
entre abobadas nuvens nesgas
atiras setas de claridade
sobre o poente
arco-de-aliança nos damos as mãos
porque do céu caminhando vens
lembrando o Deus".

(Elias Paz e Silva)

2 comentários:

soniaconsult disse...

eu pensei...não conheço esse blog?
qual não foi a surpresa quamdo a página carregou...
vamos continuar então além das nuvens a nossa amizade!
bjos

Lena disse...

Soninha, você é mto querida mesmo. A amizade vai muito além das nuvens, das estrelas e do universo. Bjs. minha flor!!!